HISTÓRICO

 

Em 2004, observando que a população LGBTT das periferias de Fortaleza eram vítimas de extrema violência, principalmente as mulheres lésbicas e bissexuais (cis ou trans), o que gerava degradações preocupantes, como o abuso de álcool e drogas, e o abandono familiar, o Projeto Arte de Amar nasceu. A arte, o Esporte e a Informação foram as ferramentas utilizadas para combater essas violências e ajudar a restituir os direitos humanos básicos negados a essas populações.

 

Como primeiro gesto de organização, fundamos na periferia de Fortaleza, por saber do poder simbólico, uma das primeiras bibliotecas públicas comunitárias voltadas para o público LGBTT do Brasil.

 

Entendemos que todas as ações que surgiriam a seguir, e surgiram diversas, precisariam de um apoio teórico, e que a democratização da informação seria uma dos nossos principais aliados na construção de uma ação permanente para a valorização das pessoas atendidas por nosso projeto.

 

Nesses 14 anos de história muitas ações foram realizadas, o Projeto Arte de Amar por mover um público da periferia, um público às vezes retirado dos debates e das discussões pertinentes da própria militância, o Projeto Arte de Amar ganhou uma importância e uma relevância elevada, dentro do Estado do Ceará.

 

 

Alguns dos Projetos que Realizamos:

 

 

Biblioteca Comunitária LGBTT – Premiada Ministério, Fundação Biblioteca Nacional e SECULT Ce ( 2010 e 2013 ) : Primeira Biblioteca Comunitária LGBTT do Brasil, com intuito de reunir acervo para pesquisa no campo da sexualidade, gênero e cultura

 

Cinema Com Pipoca Colorida – Premiado Ministério SECULT CE e SECULTFOR ( 2010 e 2012: Exibições de produções nacionais, regionais, locais e internacionais semanal, com debates e exibições gratuitas e distribuição gratuita de Pipoca e Danone – Cine clube e Cine clubinho

 

Ponto de Leitura Colorida Premiado Ministério e SECULT Reconhecido e Premiado os pontos de difusão de cultura são uma porta de discussão com a comunidade e de promoção de ações no campo da dança, teatro, artes plásticas, literaturas e afins.

 

Teatro de Rua de Mulheres Lésbicas e bissexuais Premios : Secretária de Saúde do Município de Fortaleza e Coordenadoria de DST/HIV/AIDS, SECULFOR e Secretaria de Educação do Município de Fortaleza Apresentando o espetáculo de enfrentamento a AIDS e o CRAK (Mapurunga) o grupo foi criado na crença que a cultura é um meio eficaz de levar informação e discutir tabus nas comunidades, com 20 apresentações em escolas municipais de Fortaleza em parceria com a SECULTFOR E Secretária de educação do município de uma peça (Mapurunga) no enfretamento ao CRAK em 2012

 

Grupo junino Xana com Xana – Resgate de tradições Culturais - A irreverência e a tradição, a favor do entretenimento e da erradicação do preconceito, foram ferramentas para criação desse grupo que é referência dentro da comunidade LGBTT e da periferia de Fortaleza. Prêmio Ceara da Paixão 2010 , 2011, 2012 e Prêmio Festival junino 2010 (SECULTFOR).

 

Projeto Educação, Arte. Esporte e Cultura – Promoção de ações aos jovens LGBTTs em situação de risco pessoal social e sócio-afetivo fortalecendo os vínculos familiares e o exercício pleno de cidadania, por meio de atividades bio-psicossocioais, dentre elas,oficinas e acompanhamento familiar, incentivando a formação de vínculos de afeto e segurança.

 

Feira Cultural Canta Curió – Evento mensal promovido pela instituição a fim de descobrir e valorizar talentos da nossa comunidade assim com inserir ações culturais LGBTT na comunidade. Com bom recebimento do Público

Endereço 

Rua George Sosa, 97, Fortaleza, CE

 (85) 98513-5344

Telefone